O Centro de Alto Rendimento de Remo do Pocinho, no Douro, obteve o prémio internacional da European Conference of Leading Architects – ECOLA, na categoria de "Novas Edificações". O projecto, do arquitecto Álvaro Fernandes Andrade (spacialAR-TE) — também professor na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto — havia recebido há poucos dias a "Menção Honrosa"/"Special Mention" no Architizer A+ Awards 2015.

O Centro destina-se a acolher atletas de alta competição na modalidade que, porventura, mais prémios e alegrias tem trazido ultimamente às cores nacionais. As instalações podem albergar até 180 praticantes que utilizam o espelho de água da barragem do Pocinho para a prática da modalidade.

Ler mais...

Centro de Artes Contemporâneas da Ribeira Grande e Centro de Remo de Alta Competição em Vila Nova de Foz Côa estão nomeados para o prémio Mies van der Rohe. Vencedor é conhecido em Maio

Portugal tem dois projectos nomeados para o Prémio de Arquitectura Contemporânea da União Europeia Mies van der Rohe 2015, anunciou esta terça-feira a Comissão Europeia, que divulgou a lista dos 40 candidatos seleccionados.

Ler mais...